O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Os ovócitos coletados são selecionados na própria fazenda.
Ovócito maturado in vitro, pronto para ser fecundado.
Procedimento da Fecundação In Vitro.
Embriões bovinos produzido in vitro, 7 dias após a fecundação.
Embriões bovinos produzido in vitro, 7 dias após a fecundação.
Lote de receptoras com cio sincronizados, aptas para receberem embriões produzido in vitro

Como é feita a FIV?
Comparada à transferência de embriões clássica, a fecundação in vitro é uma técnica extremamente simples de ser implementada nas fazendas graças ao pequeno envolvimento da equipe da fazenda durante todo o trabalho. O foco da fazenda deverá ser no manejo geral (doadoras e receptoras), na observação de cio das receptoras e auxílio de pessoal no momento da aspiração folicular e da transferência dos embriões produzidos in vitro .

Aspiração Folicular
Consiste da punção dos folículos ovarianos, a fim de obter os ovócitos (gameta feminino - óvulo). A aspiração é guiada por um equipamento de ultra-som e um sistema de pressão negativa acoplada a uma agulha. Assim, apenas os folículos presentes na região cortical dos ovários são aspirados pela nossa equipe, não expondo a região medular ovariana. Uma das grandes vantagens da FIV está relacionada ao fato das vacas doadoras não receberem tratamentos hormonais para o procedimento da aspiração folicular. A seleção dos ovócitos é feita na própria fazenda por um médico veterinário da equipe técnica da BIO, simultaneamente ao procedimento da aspiração folicular. Os ovócitos selecionados são acondicionados em pequenos tubos com Solução de Transporte desenvolvido pelo Laboratório BIO, capaz de suportar o seu transporte por até 16 horas após a aspiração.

Procedimentos Laboratoriais
Chegando ao Laboratório BIO, em Brasília-DF, os ovócitos são imediatamente transferidos para a placa de maturação in vitro , sendo mantidos em incubadoras, por aproximadamente 24 horas. Após este período, os ovócitos são transferidos para a placa de fecundação in vitro , juntamente com os espermatozóides capacitados, e lá mantidos por mais um dia. Após a fecundação, os embriões jovens são transferidos para a placa de cultivo in vitro , permanecendo no Laboratório BIO por mais 7 dias. Neste momento, os embriões viáveis já possuem de 60 a 150 células, sendo classificados morfologicamente como mórula e blastócito (inicial e expandido). Estes são envasados individualmente e transportados até as fazenda para serem transferidos para as vacas receptoras.

Transferência dos Embriões FIV
Para a transferência dos embriões produzidos in-vitro as vacas receptoras são avaliadas quanto ao seu estado reprodutivo e, apenas aquelas consideradas aptas, recebem os embriões. A inovulação dos embriões é feita por um médico veterinário capacitado, pelo método não-cirúrgico sendo os embriões depositados na luz do corno uterino.


Brasília-DF  - SMPW Qd. 05 conj. 05 lote 01 casa C - Cep: 71.735-505 - Tel: 61 3382 7407
Belém-PA - Condomínio Greenville I - Rod. Augusto Montenegro quadra 14 - lotes 7/8 - Cep: 66.035-100 - Tel: 91 3268 0119
Maringá-PR - Fazenda Cesumar - Estrada Morangueira - lote 31/35- Cep: 87050390 - Tel: 44 3031-6301